29 de jun de 2009

oscar, o jovem

Niemeyer também gostava de analizar alternativas, como mostram esses croquis, estudos para um centro empresarial na Arábia Saudita. Hoje parece ter cedido à tentação do "scale".

2 comentários:

ricardofaria disse...

Sérgio, acho que o Niemeyer nem se dá conta mais do que rola em seu escritório. Acho que ele nem se importa mais, deve estar curtindo seus últimos momentos por aqui.
Agora, por outro lado, é duro... o sujeito gasta 50 anos construindo uma reputação e uma equipe vem e achincalha seu nome lançando um projeto super sem noção como este pavilhão, que dá margem aos mais diversos tipos de críticas e se tornou motivo de piadas. Triste.

sergio disse...

É isso aí, Ricardo...se é verdade que na velhice voltamos a ser criança, então é EXPLORAÇÃO INFANTIL, né?