16 de mai de 2009

shibuya, sábado à noite

Sábado é por acaso: Shibuya está sempre cheio. Na estação do metrô, passam 3 milhões de pessoas por dia. A multidão se diverte com ela mesma e tudo é possível: tornar-se uma celebridade fugaz ou ficar incógnito. Nas vitrines, os docinhos pra levar pra casa, ou o peixe frito pra comer alí mesmo. Nas fachadas, grandes telas exibem anúncios, clips, traillers...
Não dá pra entender nada, mas a gente entende tudo.









Nenhum comentário: