19 de mai de 2009

poucas luzes

Nas fotos de Shibuya, num post abaixo, reparem a luz: os edifícios e as vitrines estão iluminados; as árvores, enfeitadas pro Natal; o céu está no momento mágico do twilight e as pessoas estão quase no escuro.
Nas grandes cidades japonesas não há uma iluminação feérica das ruas... tudo fica no limite mínimo. Dá pra ver o céu e a arquitetura se destaca.

A instalação acima, de Fumiki Bando me lembrou essa luz difusa, que esconde com recato e mostra sem alarde.

Nenhum comentário: