21 de abr de 2009

áreas verdes

Os pressupostos para quantificar a área verde de uma cidade podem variar. O que utilizo aqui é provavelmente um dos mais questionáveis: memória e google earth.
Mesmo assim, o resultado dá o que pensar. Em Belo Horizonte, por exemplo, a área verde é representada principalmente pela arborização das ruas e por grandes parques que pouco participam do dia a dia da cidade.
Tracei um circulo com 2km de raio, com o centro na Savassi e outro de mesma dimensão em Tokyo, centrado em Roppongi Hills, na Mori Tower e assinalei parques e praças. São regiões com status semelhantes nas duas cidades, mais frequentadas por uma parcela característica da população, mas com exigências bastante diferentes. Em Roppongi, a proximidade com a natureza é um valor bastante apreciado. Por aqui, nos contentamos com comércio e cerveja.

Nenhum comentário: